LEVE A SÉRIO ESTA ADVERTÊNCIA!

Por Nonato Souza

“Ora, irmãos, não quero que ignoreis que nossos pais estiveram todos debaixo da nuvem; e todos passaram pelo mar, e todos foram batizados em Moisés, na nuvem e no mar, e todos comeram de um mesmo manjar espiritual, e beberam todos de uma mesma bebida espiritual, porque bebiam da pedra espiritual que os seguia; e a pedra era Cristo. Mas Deus não se agradou da maior parte deles, pelo que foram prostrados no deserto. E essas coisas foram-nos feitas em figura, para que não cobicemos as coisas más, como eles cobiçaram” (1Co 10.1-6).

 

No capítulo 10 da carta aos Coríntios, Paulo dá sequência às suas argumentações exortativas acerca do estilo de vida disciplinada que deve o cristão preservar, buscando sempre glorificar a Deus, deixando todo e qualquer peso de pecado capaz de impedi-lo na caminhada da fé. Tendo crido em Cristo, deve o cristão cultivar o padrão do Evangelho em uma vida cristã autêntica que não se deixa levar com argumentos falaciosos de pessoas descompromissadas com a Palavra de Deus.

No capítulo 8 e 9 o apóstolo Paulo mostra com clareza que os cristãos precisam exercitar a autodisciplina evitando, assim serem reprovados. No capítulo 10, mostra com exemplos claros esta possibilidade. Ele usa o fracasso da nação de Israel, uma nação que gozou de muitos privilégios, mas, que se tornou arrogante e pecadora diante de Deus, sendo culpada de abomináveis provocações tendo por este motivo, sofrido dolorosa punição.

Continue lendo “LEVE A SÉRIO ESTA ADVERTÊNCIA!”

“Não julgueis, para que não sejais julgados”

Por Nonato Souza

“Não julgueis, para que não sejais julgados, porque com o juízo com que julgardes sereis julgados,e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós” (Mt 7.1,2).

 

Há alguns dias escrevi um pequeno post na minha página no facebook sobre exageros que acontecem em nosso meio, principalmente, em nossos cultos, congressos e outras reuniões. Nos comentários, observei várias vezes a citação do texto de Mateus 7.1, “Não julgueis, para que não sejais julgados” como represália ao que escrevi.

Isso me chamou atenção porque o texto de Mateus 7.1 não nos proíbe emitirmos julgamento segundo a Palavra de Deus sobre manifestações, movimentos, falsos ensinos e outros, que destoam por seus exageros da Palavra de Deus, nossa regra de fé e conduta cristã.

Continue lendo ““Não julgueis, para que não sejais julgados””

OS QUE BUSCAM CONSAGRAÇÃO PASTORAL MESMO SEM VOCAÇÃO E CHAMADA.

 

Por Nonato Souza

“E vos darei pastores segundo o meu coração, que vos apascentem com sinceridade e com inteligência” (Jeremias 3.15).

Inicialmente vou recorrer a Richard Baxter. Ele disse: “O homem que não for totalmente sincero como cristão, não poderá estar apto para ser pastor de Igreja”.

Richard Baxter foi um pastor bem a frente da sua época. Era totalmente comprometido com as pessoas do seu tempo, homem de lutas, pastor que cuidava de vidas, o que o levava a conhecer cada ovelha e não apenas ministrar ao grupo que se reunia para ouvi-lo. Baxter tinha o hábito de levar as pessoas a pensar com base nas Escrituras Sagradas onde poderiam desfrutar da suficiente graça de Deus.

O que disse Richard Baxter acima é uma verdade clara e muito presente nos dias atuais, pois se cumpre literalmente hoje. Não tenho dúvidas que estamos vivendo um tempo onde se vê muitos aproveitadores, homens insinceros que estão em busca de alcançar altas posições, através de consagrações ministeriais, simplesmente, para ter um título e reconhecimento.

O profeta Ezequiel trás uma visão clara a esse respeito ao profetizar contra os líderes infiéis de Israel:

“Filho do homem, profetiza contra os pastores de Israel; profetiza e dize aos pastores: Assim diz o Senhor Jeová: Ai dos pastores de Israel que se apascentam a si mesmos! Não apascentarão os pastores as ovelhas? Comeis a gordura, e vos vestis da lã, e degolais o cevado; mas não apascentais as ovelhas. A fraca não fortalecestes, e a doente não curastes, e a quebrada não ligastes, e a desgarrada não tornastes a trazer,e a perdida não buscastes; mas dominas sobre elas com rigor e dureza. Assim, se espalharam, por não haver pastor, e ficaram para pasto de todas as feras do campo, porquanto se espalharam. As minhas ovelhas andam desgarradas por todos os montes e por todo o alto outeiro; sim, as minhas ovelhas andam espalhadas por toda a face da terra, sem haver quem as procure, nem quem as busque” (Ez 34.2-6).   

O texto de Ezequiel faz referência aos líderes da nação: reis, sacerdotes, profetas que tosquiavam o rebanho em busca de ganho pessoal. Buscavam o próprio favorecimento para enriquecerem e se tornarem grandes. Ao invés de cuidarem daqueles que foram entregues aos seus cuidados, não davam a mínima atenção ao trabalho determinado por Deus. Estavam, na verdade, preocupados em saciar seus próprios apetites ao tornarem-se grandes, gordos, ricos e tranquilos. O que diz o profeta mostra a realidade presente entre muitos pastores e no ministério atualmente.

Continue lendo “OS QUE BUSCAM CONSAGRAÇÃO PASTORAL MESMO SEM VOCAÇÃO E CHAMADA.”

A Felicidade Além do Imaginário Humano

Por Nonato Souza
Ministério AD Minha Esperança, compromisso com a Palavra.

“… e a vossa alegria seja completa” (Jo 15.11).

As palavras de Jesus mostram que é possível ao homem desfrutar de felicidade perfeita, estando sua confiança depositada Nele. Webster define felicidade como “uma experiência prazerosa ou satisfatória”, McDowel diz que a felicidade é equiparada a sentimentos prazerosos e não há nada inerentemente errado com a satisfação prazerosa, exceto a maneira como os homens a buscam. Continue lendo “A Felicidade Além do Imaginário Humano”

Esperando em tempos de adversidades

Por Nonato Souza
Ministério AD Minha Esperança compromisso com a Palavra

“Esperei com paciência no Senhor, e ele se inclinou para mim, e ouviu o meu clamor” (Sl 40.1).

Esperar nunca foi o meu forte. Esperar com paciência, mais complicado ainda. O tempo, no entanto, tem me ensinado que o melhor a fazer em tempos difíceis e de muita correria é orar a Deus e esperar com paciência a intervenção daquele que tudo pode fazer. Continue lendo “Esperando em tempos de adversidades”